Início Dicas Lendo

Lesões precursoras do câncer de colo do útero

As lesões precursoras do câncer do colo do útero

 

O câncer do colo do útero é um dos tumores mais comuns em nossa população.Segundo dados do INCA(Instituto Nacional do Câncer) ele é o terceiro tumor maligno mais frequente na população feminina e a quarta causa de morte de mulheres por câncer no Brasil. Ele é causado pela infecção persistente de alguns tipos de HPV-Papilomavirus  Humano. Essas infecções na sua grande maioria, não evoluem para doença mas em alguns casos aparecem alterações nas células do colo uterino que podem evoluir para o câncer. As alterações célulares são descobertas através do exame preventivo(também conhecido como Papanicolau). Essas alterações nas células do colo uterino podem evoluir  para as chamadas lesões precursoras, aquelas que antecedem o aparecimento do câncer. Quando diagnosticado nessa fase ou mesmo na  fase do câncer inicial as chances de cura são de 100%.

O câncer do colo do útero é uma doença silenciosa em seu inicio. Assim sinais como sangramento vaginal, corrimento persistente e dor estão associados à doença mais avançada. Dessa forma tanto as  lesões precursoras como o câncer de colo do útero em sua fase inicial são habitualmente assintomáticas . Assim diante de um resultado de preventivo sugestivo de lesão precursora, é necessário a realização da colposcopia, exame que permite a visualização da vagina e colo uterino com maiores detalhes,permitindo avaliar o tamanho e aspecto dessas lesões e a realização de uma biópsia para confirmação diagnóstica quando necessário.

A vacinação contra o HPV e a realização regular do exame preventivo são medidas fundamentais na prevenção desse câncer através do diagnóstico das lesões precursoras ou no seu diagnóstico em uma fase inicial e ainda sem sintomas . Após o diagnóstico a condução por um especialista é decisiva para a escolha  do tratamento  mais adequado. Muitas vezes um tratamento com preservação do útero é suficiente para garantir a cura dessas pacientes.